CD-Room: Contribuição para o reconhecimento das sigatokas negra e amarela e doenças vasculares

A fruticultura é uma das atividades agrícolas em processo de rápida expansão no Brasil, principalmente para atender as exportações. Um dos grandes problemas é a incidência de pragas e doenças altamente devastadoras. Entre as doenças destacam-se a sigatoka-negra (Mycosphaerella) e a sigatoka-amarela (Mycosphaerella musicola). A sigatoka-negra, constatada no Brasil em 1998, tem-se expandido rapidamente pelo País, causando prejuízos elevados e deixando produtores e técnicos bastante preocupados, haja vista a sua alta capacidade de destruição. Já a sigatoka-amarela, apesar de não destruir os plantios como as demais doenças, onera os custos de produção. Nestes documentos são apresentadas as principais características de cada doença, com a finalidade de munir os técnicos de informações que facilitem o diagnóstico e a diferenciação entre as doenças vasculares e as foliares.

REF: 00078230 Categoria: